Burberry e o Marketing Digital

Não tem empresa que não esteja presente nas mídias sociais mas a maioria apenas está por lá. Tem uma página no Facebook, tem uma conta no microblog Twitter, tem Tumblr e algumas já se arriscam no Instagram e possuem aplicativos próprios para o iPhone e iPad.

Mas não basta apenas estar. É preciso entender a dinamica e as particularidades de cada espaço.

Os Millenials estão em massa em todas esses canais. Eles representam o consumidor do futuro e se uma empresa quiser sobreviver nas próximas décadas tem que saber falar com esse grupo.

“Os Millennials – ou geração Y – assumem a primeira nova liderança demográfica dos Estados Unidos em 40 anos, com a entrada deles no mercado de trabalho e a aposentadoria dos baby boomers”, afirmou o Goldman Sachs. “Esperamos um impacto profundo nas companhias norte-americanas, principalmente nos setores de tecnologia e consumo.”
Os millennials correspondem ao grupo de pessoas com faixa etária entre 16 e 29 anos e fazem parte de uma geração que nasceu conectada à Internet. “Eles são uma geração mais tecnológica e conectada que as anteriores. Isso abre oportunidades para as empresas facilitadoras de conectividade”, diz o Goldman Sachs que ainda pontua que os consumidores da década são mais propensos para compras online.

Eles são filhos da revolução feminista e da revolução sexual, cresceram numa época de liberdade e de muita informação. Se sua empresa tem produtos voltados para essa faixa etária, veja como essa moçada se comporta, segundo estudos do portal WGSN:

  • É uma geração mais careta: ser nerd passou a ser legal
  • É uma geração que tem foco na saúde e na vaidade: menos drogas, menos bebida, mais beleza e sexo responsável
  • Usam marcas como uma forma de compor sua identidade; a customização dá a sensação de pertencer a um grupo e se destacar dentro dele
  • É uma geração obcecada por tendências de moda e como há grande rapidez na informação, as coisas perdem e ganham relevância muito rapidamente
  • Barreiras geográficas, diferenças etárias ou sócioeconômicas perderam importância: a cultura e os interesses comuns os aproxima e os aglutina.
  • As ”tribos” se formam por afinidade e identificação cultural, não importa que cada um esteja num canto do planeta.
  • Muitos Millennials vivem com seus pais: o conflito entre gerações é menor
  • Compartilham suas vidas pessoais na internet e não têm preocupação com o que é privado
  • Segundo pesquisas, 61% dos jovens americanos não expressa interesse pelo mundo adulto. Portanto, as marcas voltadas para eles devem celebrar a juventude, pois é isso o que importa para eles

A grife britânica percebeu isso aparentemente mais rápido que outras grandes grifes e hoje toda sua estratégia de comunicação tem forte apelo online. Eles não estão apenas criando aplicativos e enviado updates sobre produtos e promoções via Twitter e Facebook ou exibindo os desfiles no YouTube. O objetivo é atrair a Geração Y com novas maneiras de ver os produtos, de interagir com as campanhas.

Foi a primeira a transmitir ao vivo os desfiles, antes restritos à um pequeno grupo de jornalistas e críticos de moda. Depois disso, todas as grifes começaram a transmitir seus desfiles ao vivo.

Mas de novo a Burberry foi além, além de transmitir os desfiles, ela colocou à venda peças exibidas nesses shows. Assim, o consumidor além de assistir, poderia comprar. Novamente atendedo as expectativas da nova geração que visa o imediatismo. Os Milleniuns não querem mais esperar 6 meses para poder comprar alguma coisa. Eles querem agora.

Site de transmissão ao vivo dos desfiles da Burberry,em que os usuários podem interagir enquanto assistem.

Site de transmissão ao vivo dos desfiles da Burberry,em que os usuários podem interagir enquanto assistem.

Até agora, somente a Burberry tem adotado estratégia. Outra ação que a centenária grife britância tomou em relação às redes sociais foi criar sua própria: a The Art of Trench – uma espécie de Facebook em que cada um que tenha um Trench Coat , o produto mais antigo e símbolo da grife, pode fazer o upload de sua foto usando o produto. Ou seja, os próprios clientes é que fazem a campanha, eles é que mostram o produto e não mais a grife dizendo como usar. Novamente atinge essa geração que gosta de compartilhar suas experiências com o mundo.

burberry art of the trench 1 1 Burberry e o Marketing Digital

Tela inicial do site The Art of Trench

Com essas ações pode-se dizer que hoje a Burberry é a primeira grife de luxo digital. Tem hoje mais de 8 milhões de usuários no Facebook; mais de meio milhão de seguidores no Twitter e quase 100.000 seguidores no Instagram.

Claramente não é algo fácil de se atingir, o principal desafio é continuar vendendo e se comunicando com os seus atuais clientes e ao mesmo tempo se conectar com seus novos e potenciais futuros clientes. Por isso suas campanhas tem como pano de fundo a tradição ou como se fala em inglês – a heritage, mas comunicam de uma forma totalmente moderna e diferente.

A Burberry parece querer renovar o significado de marca de luxo, transformar em algo mágico. Eles querem que os clientes não apenas comprem produtos, mas também que façam parte de toda experiência Burberry, que engloba moda, música, tecnologia e emoções. Recentemente lançou a iniciativa chamada Burberry Acoustic, uma colaboração entre a marca e bandas e artistas também britânicos selecionados pelo Christopher Bailey, o diretor criativo da Burberry.

Burberry Burberry e o Marketing Digital

O orçamento de marketing da empresa hoje já é 60% direcionado às mídias digitais. E, pela primeira vez, numa campanha de lançamento de perfume, do novo Burberry Body, toda a comunicação será totalmente virtual. Nada de mídia impressa.

 

Quando se trata de mudança de geração e comportamento não existe certo ou errado, as empresas têm que se preparar e prever vários cenários para poder sobreviver se atualizando e a que tudo indica a Burberry está no caminho certo, duvidam? Vejam só um interessante vídeo de como essa nova geração consome e tiremos nossas conclusões:

Para quem quiser saber mais sobre o assunto Marketing Digital, talvez possa se interessar pelo artigo 8 Ps do Marketing Digital pretendem melhorar a estratégia das empresas, publicado no portal Mundo do Marketing, acessem aqui.

Artigo originalmente escrito por Fabio Garcia, do BolsasdeValor.net para o portal Culture-se.

One thought on “Burberry e o Marketing Digital

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s